IFRO e UNEMAT promovem concurso literário com prêmios de até R$ 450



A Universidade do Estado de Mato Grosso (Unemat) e o Instituto Federal de Rondônia (IFRO) promovem o 1º Concurso Literário de Contos, que visa fomentar a representatividade negra e indígena na literatura, a fim de que a comunidade constitua uma visão de mundo mais ampla a respeito do local onde seus membros estão inseridos. Os textos literários escolhidos serão contemplados com prêmios em dinheiro e publicação em formato de livro pela Editora Unemat.

O concurso selecionará dez textos inéditos, na modalidade conto para revisão, editoração, diagramação, publicação, impressão, divulgação e distribuição. As autoras dos contos selecionados receberão os seguintes valores: 1º lugar (R$ 450), 2º lugar (R$ 450), do 3º ao 10º lugar (R$ 200 para cada).

O conto deverá ser inédito. Dentre os 10 textos selecionados, cinco compreenderão o segmento mulher indígena e cinco, o segmento mulher negra. Podem participar mulheres com idade superior a 18 anos, residentes em Rondônia ou Mato Grosso há mais de 12 meses e que se autodeclaram negras ou indígenas.

INSCRIÇÕES

As inscrições são gratuitas e podem ser feitas até 15 de fevereiro, exclusivamente on-line por meio do formulário disponível neste link

A candidata deverá anexar ao formulário os seguintes documentos em PDF: documento pessoal com foto, comprovante bancário em nome da autora, conto inédito (conforme normas estabelecidas em edital), autodeclaração devidamente preenchida e assinada (conforme o Anexo I), declaração de residência (conforme o Anexo II), cessão de Direitos Autorais (conforme o Anexo III). Acesse edital completo aqui.

SAIBA MAIS

Cada participante poderá inscrever um único conto inédito. Não serão aceitos textos em coautoria. O resultado será divulgado no dia 18 de março, no site do IFRO.

De acordo com um dos responsáveis pelo concurso, professor Agnaldo Rodrigues da Silva, o projeto é um espaço de valorização da intelectualidade das mulheres negras e indígenas de Rondônia e Mato Grosso. “Em primeiro lugar, a publicação dos textos literários produzidos por essas mulheres e a divulgação de suas histórias nas mídias oficiais das instituições envolvidas permitirá que a comunidade reconstrua o seu imaginário sobre o sujeito mulher negra e o sujeito mulher indígena. Além disso, a doação das obras impressas a escolas da região ampliará o público leitor e possibilitará que outras mulheres negras e indígenas se vejam representadas na produção literária contemporânea”, afirmou.

O concurso é uma das ações do Projeto de Ensino e Extensão Concurso Literário de Contos aprovado pelo Departamento de Extensão e o Departamento de Ensino do IFRO, Câmpus Cacoal, e pela Pró-Reitoria de Extensão e Cultura da Unemat. Os professores responsáveis pelo concurso são Jeciane de Paula Oliveira (IFRO) e Agnaldo Rodrigues da Silva (Unemat).

Para outras informações, acesse edital completo.

Comente com o Facebook:

:) :,( ;) :D :-/ :? :v X( :7 :-S :(( :* :| :-B ~X( L-) =D7 :-w s2 \m/ :p kk

0 comentário

Postar um comentário

Deixe seu comentário, sugestões, críticas, será um prazer responder você.

NOSSAS REDES SOCIAIS