Jovem professora de Porto Velho encerra mandato promissor como Presidente do CMDCA!


Jovem professora de Porto Velho encerra mandato promissor como Presidente do CMDCA, a mesma quando eleita aos 29 anos foi a mais jovem presidente pela sociedade civil a ocupar o cargo representando o conselho regional de Psicologia e sendo representatividade para a classe e a juventude que sonha com a carreira de docente e atuar com políticas públicas.

 

Anne Cleyanne foi presidente do Conselho Municipal de direitos da criança e Adolescentes pelo período de Maio de 2019 a agosto de 2020. Com novos projetos deixa o cargo em meados de agosto ao ter contraído CORONAVÍRUS e ter apresentado sérios comprometimentos pulmonares e sintomas severos da doença, deixando o cargo de maneira interina a sua vice presidência ocupado pela SEMASF e a disposição da sociedade civil que foi recém eleita para o pleito do biênio de 2020/2022. Sendo decretada neste dia 09 de setembro com a publicação do gabinete do Prefeito.

 

Sendo as instituições eleitas:

 

Ordem dos Advogados do Brasil - OAB.

Conselho Regional de Psicologia - CRP.

Arquidiocese de Porto velho.

Associação de Pais e amigos dos Excepcionais – APAE.

Centro Social salesiano São João Batista.

Conselho Regional de Serviço social - CRESS e

Instituto Laura Vicunã.

 

 

Ocupou a diretoria do Pleito com a Representante da SEMASF Ana Karla Feitosa na vice presidência com Gerusa casa Roseta e Adriana Cavalcante SEMED na Secretária. 


O Conselho Municipal do direito da criança e Adolescentes é um órgão deliberativo, normativo, consultivo, fiscalizador e órgão controlador da política de garantia de direitos da criança e Adolescentes e possui regulamentação pela lei 510 de 26 de dezembro de 2013, lei essa que está passando por revisão e será modernizada e reformada para atender aos anseios sociais atual que a Presidente Cleyanne deixa em seu legado de gestão com a articulação e nomeação para as/os membros da comissão para a reforma da lei 510, como legado deixa a histórica aprovação da regularização do ponto eletrônico e horário dos Conselheiros Tutelares, produto de muita articulação, diplomacia e meses de mediação de demandas entre executivo e Conselheiros Tutelares juntamente com a Sociedade Civil membro do conselho.

 

Hoje também o CMDCA possui um site que dispõe de todas resoluções e atas aprovadas no conselho para alcance público, no mesmo tem uma vasta informação sobre Conselheiros Tutelares, os próprios conselhos com endereço e telefones para a população encontrar com fácil acesso, um trabalho construído em meio a Pandemia com a Secretária executiva do conselho Amanda Fonseca resgatando a história do conselho, digitalizando documentos importantes garantindo assim a continuidade uniforme do trabalho iniciado.

 

“O mandato iniciou com uma grande missão, mediando uma imensa crise referente a um decreto que inquietou a Sociedade Civil, ao lado do Secretário da Assistência e família na época, foi possível o diálogo para edição do decreto e regularização de documentos do fundo que estavam pendentes a alguns anos como o CNPJ para a conta do FMDCA, o objetivo sempre foi deixar o conselho com menos demandas atrasadas, mais organizado possível, para garantir deliberar para infância com ideias inovadoras e antecipação, não apenas mediação de conflitos e foi possível deixar um Conselho organizado para uma boa gestão da/do próximo colega que ocupar a cadeira, entendendo que como sou Presidente Fundadora de uma ONG, Eleita para gestão do Conselho de classe que represento e para presidir a comissão de direitos humanos do mesmo no território de Rondônia e Acre, não seria possível conciliar mais de um mandato com as várias outras funções sociais que ocupo, mas foi gratificante e enriquecedor, servir a sociedade e as nossas crianças sendo gestora voluntária e com um colegiado tão energético e de pessoas de bem, existe situações identificadas recentemente e que deverão requerer atenção da nova presidência pois temos novos Conselheiros Tutelares empossados e uma Pandemia no meio de sua formação continua”. – Contou Anne.

Para acessar o decreto - CLIQUE AQUI

Comente com o Facebook:

:) :,( ;) :D :-/ :? :v X( :7 :-S :(( :* :| :-B ~X( L-) =D7 :-w s2 \m/ :p kk

0 comentário

Postar um comentário

Deixe seu comentário, sugestões, críticas, será um prazer responder você.

NOSSAS REDES SOCIAIS