IMPROBIDADE: Ministério público cobra Concurso Público do IPAM.

O Ministério Público de Rondônia através do processo nº 2018001010065569 que trata de Improbidade Administrativa contra o prefeito Hildon Chaves que provou a Lei Complementar nº 706/2017 a reestruturação dos cargos em comissão do IPAM, sendo que os limites da LRF já estariam ultrapassados. O processo voltou a ser movimentado:



No começo da Pandemia o MP suspendeu os prazos para lançamento do edital devido ao estado de calamidade pública, todavia no dia 3 de setembro, o MP notificou o IPAM para prestar esclarecimentos sobre o andamento do edital. Espera-se que o Edital saia ainda este ano e o Instituto possa ter finalmente a redução desses cargos comissionados por servidores efetivos.

Comente com o Facebook:

:) :,( ;) :D :-/ :? :v X( :7 :-S :(( :* :| :-B ~X( L-) =D7 :-w s2 \m/ :p kk

0 comentário

Postar um comentário

Deixe seu comentário, sugestões, críticas, será um prazer responder você.

NOSSAS REDES SOCIAIS