Senado aprova Fundeb permanente - O QUE MUDA?

 


Por Gabriela Dourado.

O Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb) foi aprovado por todos os senadores nesta terça-feira (25/08). Entenda como era e como será o novo Fundeb:

 

PERMANÊNCIA


Uma das principais mudanças é que, com a aprovação da PEC, o fundo passa a ser permanente e previsto na Constituição. O Fundeb foi criado em 2007 com validade até 31 de dezembro deste ano. Caso não fosse renovado, o programa seria extinto.

 

Além disso, no texto aprovado pela Câmara ficou definido que o fundo passará por uma revisão a cada dez anos. Essa era uma preocupação do governo federal e foi incluída no projeto analisado e votado pelos parlamentares.

 

O dinheiro do Fundeb é usado, entre outras coisas, para pagamento de professores e outros funcionários das escolas, equipamentos necessários ao ensino, concessão de bolsas e aquisição de material didático. Após negociações com os deputados, o governo federal desistiu da ideia de destinar ao Renda Brasil, provável substituto do Bolsa Família, metade da complementação que a União atualmente faz ao Fundeb.

Licença em Pecúnia: Quem tem direito? Como pedir/converter! (ATUALIZADO)

 

Com base legal na Lei Complementar nº 447 de 09 de Abril de 2012 publicada no D.O.M. 4.219 de 09 de Abril de 2012, todos os servidores municipais da Prefeitura Municipal de Porto Velho tem direito a converter sua licença prêmio em pecúnia.

A Licença Prêmio será transformada em pecúnia nos casos em que o servidor, ou qualquer de seus dependentes legais, possuir umas das doenças abaixo:

 

Neoplasia maligna;

 

HIV+;

 

Tuberculose ativa;

 

Alienação Mental;

 

Esclerose Múltipla;

 

Cegueira;

 

Hanseníase;

 

Paralisia Irreversível e incapacitante;

 

Cardiopatia Grave;

 

Hepatopatia Grave;

 

Estados avançados de Doença de Paget (osteíte deformante);

 

Contaminação por radiação;

 

Síndrome da Imunodeficiência Adquirida/AIDS com base em conclusão de medicina especializada.

 

O QUE DIZ A LEI:


Art. 11 Fica o Parágrafo único transformado em § 1º, bem como acrescentados os §§ 2º, 3º e 4º ao artigo 105 da Lei Complementar nº 385, de 1º de julho de 2010, que passa a vigorar com a seguinte redação:

 

"Art. 105 ...

 

§ 1º No caso de aposentadoria, a licença-prêmio e férias não gozadas somente serão convertidas em pecúnia, se esse fato se deu por interesse da Administração, salvo no caso de aposentadoria por invalidez.

 

§ 2º Além das situações descritas no caput deste artigo, também serão transformadas em pecúnia, nos casos em que o servidor, ou qualquer de seus dependentes legais, for acometido de neoplasia maligna, do vírus HIV, tuberculose ativa, alienação mental, esclerose múltipla, cegueira, hanseníase, paralisia irreversíveL E Incapacitante, cardiopatia grave, hepatopatia grave, estados avançados da doença de Paget (osteíte deformante), contaminação por radiação, síndrome da imunodeficiência adquirida, com base em conclusão da medicina especializada, mesmo que a doença tenha sido contraída depois da aposentadoria ou reforma.

 

§ 3º O direito à conversão de licença-prêmio em pecúnia estará diretamente jungido ao disposto no art. 101 desta Lei Complementar.

 

§ 4º A conversão da licença-prêmio em pecúnia, na forma do § 2º, será concedida mediante:

 

I - atestado de diagnóstico assinado por médico, devidamente identificado por seu registro profissional, emitido em conformidade com as normas dos Conselhos Federal e Regional de Medicina, com identificação de patologia consignada no Código Internacional de Doenças - CID, e descritivo dos sintomas ou do histórico patológico pelo qual se identifique que o servidor ou seu dependente legal se enquadrarem nos casos previstos no inciso I, § 2º deste artigo, devidamente homologado pela Junta Médica Oficial do Município, regulamentada por ato do Chefe do Poder Executivo."


DOCUMENTOS NECESSÁRIOS

 

Os documentos necessários para protocolar o processo de Conversão de Licença Premio em Pecúnia devem ser protocolados junto ao Departamento de Atendimento ao Servidor-DIAS/SEMAD.

 

Documentos pessoais do servidor e/ou nos casos de seus dependentes legais me primeiro grau (mãe/pai, filho e companheiro) se for necessário;

 

Atestado de diagnóstico médico (LAUDO), com identificação de patologia consignada no Código Internacional de Doença-CID, e descritivo dos sintomas ou do histórico patológico pelo qual se identifique que o servidor ou seu dependente legal se enquadre nos casos previstos na Lei.

 

Lembrando que devido a covid-19 a SEMAD está com seu atendimento presencial suspenso no momento. Quaisquer dúvidas, entre em contato com o e-mail: dgp.semad@portovelho.ro.gov.br


 ASSESSORIA.

POSSE: Professores serão chamados para tomar posse, diz SINPROF!

 


Por Gabriela Dourado.

De acordo com informações fornecidas pelo SINPROF (Sindicato dos Professores e Professoras no Estado de Rondônia) após participação de um representante sindical em uma audiência nesta segunda-feira (24/08) como a Comissão da Educação da Câmara Municipal de Porto Velho, a Secretaria Municipal de Educação, por meio dos secretários de educação, informou que os professores que foram convocados e tiveram a posse suspensa, com a pandemia serão chamados para tomar posse em breve.

 

Ainda não há uma data específica, mas os procedimentos estão sendo tomados para que esses professores sejam chamados para assinar o termo de posse e entrar em exercício de suas funções tão logo seja possível.

 

De acordo com o SINPROF cerca de 40 professores que já foram convocados e devido a Pandemia não tomaram posse de seus cargos serão chamados para tomar posse na SEMAD (Secretaria Municipal de Administração).

 

Esse chamamento será realizado por meio de ligação telefônica pelo número informado pelos candidatos. Segundo o sindicato, o Secretário de Educação Márcio Félix garantiu a posse de 40 (quarenta) professores.

 

Gláucia Negreiros, secretária adjunta de educação esclareceu que no momento não há recursos financeiros para mais convocações. Sabe-se, que, com a Pandemia os recursos estão sofrendo sérios impactos.

1 PÓS-GRADUAÇÃO HABILITA PARA 4 ÁREAS POR R$39,99 (MATRICULE-SE)!

Por Gabriela Dourado.

Já pensou fazer uma pós-graduação e se habilitar para 4 diferentes áreas em um só curso? A Pós-graduação *GESTÃO INTEGRADORA* habilita para 4 áreas: Orientação escolar; Supervisão escolar; Inspeção Escolar e Administração escolar. Com uma carga horária de 580h, é ideal para prestar concurso público, receber gratificação ou se preparar para o mercado de trabalho. No certificado vem especificado todas as 4 áreas. A promoção segue até 02/09:

 

18xR$39,99

12xR$59,99

10xR$72,00

6xR$119,00

4xR$180,00.

 

O TCC é opcional, não tem provas online, só atividades. As matrículas podem ser feitas no privado da professora/consultora Val Barreto pelo link: https://whats.link/matriculasposgraduacao

 

O valor da Matrícula está a R$69,99 para pagamento até dia 02 de setembro e primeira mensalidade pode ser paga qualquer dia de outubro.

 

O curso ideal para quem quer se preparar para concurso público e para receber gratificação de especialização que aumenta 22% no salário. Confira a grade e a promoção especial:

 

 

DISCIPLINAS/GRADE DO CURSO:

 

-METODOLOGIA CIENTÍFICA -

-DIDÁTICA DO ENSINO SUPERIOR -

- RELACIONAMENTO INTERPESSOAL

- ELABORAÇÃO DO TCC –

- FILOSOFIA E POLÍTICAS EDUCACIONAIS -

-TÓPICOS ESPECIAIS  EM INSPEÇÃO ESCOLAR -

- SERVIÇOS DE ORIENTAÇÃO ESCOLAR

-TEORIA E PRÁTICA DE SUPERVISÃO ESCOLAR -

-PROJETO POLÍTICO PEDAGÓGICO -

-LEGISLAÇÃO EDUCACIONAL -

- AVALIAÇÃO INSTITUCIONAL E ESCOLAR

- COORDENAÇÃO PEDAGÓGICA, ORIENTAÇÃO EDUCACIONAL.

 

CARGA HORÁRIA: 580h.

 

HABILITAÇÃO DO DIPLOMA: Orientação, supervisão, inspeção e gestão.

 

PÚBLICO ALVO: Pedagogos, Administradores Escolares, Supervisores Escolares, Orientadores Educacionais, Professores e áreas afins.

 

OBJETIVO DO CURSO: Formar profissionais para atuarem nas funções técnico-educacionais de administração, coordenação, supervisão e orientação, de forma eficiente e eficaz, para que possam desenvolver uma liderança que contribua para a transformação social, respeitando os princípios de gestão democrática.

 

Matrículas no privado da professora/consultora Val Barreto pelo link: https://whats.link/matriculasposgraduacao

 

QUALQUER CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO A R$49,99 SÓ NA IEMAR!




Por Gabriela Dourado.

Aproveite o Isolamento social para se preparar e se capacitar! O instituto Educacional Maris (IEMAR) está com uma promoção nas mensalidades de R$49,99 para quem pagar a matrícula até 27/08 a matrícula custa R$69,99. As mensalidades só para SETEMBRO são feitas no boleto bancário ou cartão, conforme o aluno preferir e poder paga em qualquer dia de agosto, conforme o pagamento do aluno. 

promoção vale para todos os cursos de pós-graduação lato sensu de todas  as áreas. Você pode escolher a duração do curso e estudar uma pós-graduação em no mínimo 4 meses e no máximo 18 meses. 

Para os demais cursos as mensalidades correspondem aos valores e duração conforme a seguir.

DURAÇÃO DO CURSO E PARCELAMENTOS:

18x de R$49,99 
12x de R$75,00 
10x de R$90,00 
6x de R$150,00 
4x de R$225,00 

MATRÍCULA (COMO FAZER):

Para fazer sua matrícula só preciso que você preencha um formulário enviando as respostas pelo Whatsapp pelo número (69) 9931069-42 ou por este link: https://whats.link/matriculasposgraduacao chama no privado!

PAGAMENTO DA MATRÍCULA:

Você paga somente a matrícula agora no valor de R$69,99 reais para pagamento até o dia 09/07 e escolhe o dia em que a mensalidade deve vencer só em agosto. A matrícula pode ser paga no boleto ou transferência bancária. 

Sem aulas remotas, acadêmicos da UNIR serão seriamente prejudicados!

As aulas remotas tem sido a saída para a educação em suas várias etapas, desde a educação básica e nas demais modalidades de ensino diante da pandemia do novo coronavírus, todavia, no caso dos acadêmicos da Universidade Federal de Rondônia – UNIR, as aulas remotas são uma necessidade.

 

As aulas presenciais no nível superior estão suspensas até o final de 2020, o que trás a baila a discussão a cerca da implantação das aulas remotas na UNIR, todavia, a demora pela decisão por implantar ou não o novo modelo de ensino pode significar uma perda irreparável a vários acadêmicos, uma vez que com o semestre letivo suspenso, a certificação dos acadêmicos irá retardar ainda mais, prejudicando o ingresso desses estudantes no mercado de trabalho e o sonho de finalmente concluir o ensino superior.

 

Acadêmicos de Pedagogia perderão vagas em concurso público:

 

Os acadêmicos de Pedagogia da UNIR, aprovados no Concurso da Prefeitura de Porto Velho Edital 001/2019 perderão suas vagas no concurso, uma vez que sem o diploma, não poderão tomar posse ao serem convocados.

 

É bem provável que a Prefeitura de Porto Velho, e frise-se provável, que a Secretaria Municipal de Educação (SEMED) no próximo ano, devido a necessidade de pedagogos e contexto pós–pandemia, venha a convocar professores para suprir as necessidades desses profissionais nas escolas da rede municipal.

 

Aulas remotas até na Educação Infantil, mas na UNIR não?

 

A implantação do ensino remoto para os acadêmicos da UNIR tem sido analisado pela Universidade, porém a passos de tartaruga, os acadêmicos seguem sem perspectiva alguma, tanto para alunos, quanto para professores.

 

Desde março, com o Decreto de calamidade pública as aulas estão suspensas, o que significou a perda um semestre letivo, o que é bastante grave para esses acadêmicos, não podendo ser aceitável a perda de todo o ano letivo 2020.

 

O que querem os estudantes?

 

A UNIR abriu recentemente o processo de consulta a comunidade estudantil para elaborar uma resolução e planejar como será essas aulas remotas para os acadêmicos da Universidade Federal, porém diante da inércia, segue o questionamento: a opinião dos principais interessados e obviamente mais prejudicados, não conta?

 

DCE, aulas remotas e MEPR:


O DCE (Diretório Central dos Estudantes), entidade representativa de estudantes da Universidade Federal de Rondônia (UNIR) tem se mostrado contrário as aulas remotas, desconsiderando a situação dos estudantes, não aceitando a metodologia de ensino como alternativa viável.

 

O que ninguém conta é que vários estudantes são favoráveis a implantação desse procedimento, afinal, as aulas remotas são um mal necessário diante das necessidades deles, necessidades essas que estão sendo negligenciadas, sem avaliar os impactos em suas vidas e ingresso ao mercado de trabalho.

 

Atualmente o DCE está sob a direção da entidade MEPR (Movimento Estudantil Popular Revolucionário) que por sua vez estão combatendo a portaria 343 de 2020, com a justificativa de ser contra a implantação da EAD, contra uma possível privatização e ainda como forma evitar a perda da qualidade da educação, todavia segundo uma imensa proporção de estudantes, não é bem assim.

 

“Tem estudantes que estão há anos na universidade, nunca saem e sua única função é fazer politicagem” – informou uma acadêmica.

 

“É preciso que haja uma investigação de quem são os professores e estudantes que fazem parte desse movimento, para que seja dada uma resposta a sociedade, afinal eles estão usando as entidades para difundir suas ideias, e estas não contribuem para a construção da democracia brasileira” – Relatou outro acadêmico.

 

A verdade dura de engolir é que é difícil para professores federais com altos salários, mas com ideais revolucionários e socialistas, entender o que é estar na pele dos acadêmicos que precisam trabalhar, para sair da posição socioeconômica vulnerável em que estão.

 

Professores federais, já aprovados em concurso e sem passar necessidades, como os acadêmicos de Pedagogia, não estão no mesmo patamar, não sentem na pele, o que esses alunos estão vivenciando e arriscando. Logo é realmente bem mais fácil ser contra as aulas remotas e matar/atrasar/adiar o sonho de vários estudantes de assumir o tão sonhado cargo público, um emprego ou mesmo o diploma de nível superior.

 

“A Unir está formando profissionais que precisam ingressar no mercado de trabalho, não entendo como eles não veem essa realidade. Parece que vivem em uma outra linha do tempo que desconsidera a realidade de um ser humano que está precisando se formar para trabalhar, para melhorar sua situação econômica” – Lamentou uma acadêmica de Pedagogia.

 

Fechar os olhos para a necessidade dos estudantes, baseada unicamente em opinião política pode significar uma perda irreparável na vida acadêmica e profissional desses alunos, afinal resistir é preciso e importante, mas a que custo? A custo dos sonhos de quem? Não dos deles, que estão estabilizados financeiramente.


 Em caso de dúvidas ou para maiores informações:


Whatsapp:


 https://whats.link/adminprofessoresdepvh


EMAIL: 


professoredepvh@gmail.com 

VIRTUAL: Professor Vinicius Miguel marca convenção partidária do Cidadania!

Por Gabriela Dourado.

 

De acordo com o site Mais RO, Vinícius Miguel marcou para dia 9 de setembro a convenção virtual do Cidadania, partido do qual é presidente e pré-candidato a prefeitura de Porto Velho.

 

As eleições municipais de Porto Velho começam a ganhar corpo e se afunilar com as convenções partidárias vindouras. A busca agora para alguns pré-candidatos é de alianças e conseguir um candidato a vice-prefeito que agregue.

 

O Cidadania que terá o professor Vinícius Miguel como candidato a prefeito, também busca alianças que possam indicar o vice até o dia da convenção, marcada para 9 de setembro.

 

AGENDA CHEIA

 

Vinícius está correndo contra o tempo. Em menos de uma semana, já participou de duas entrevistas ao vivo, uma com a entrevistadora Françoise Almeida e outra com José Joaquim dos Santos, o “Zezinho do Maria Fumaça”, ambos na REMA TV.

 

REUNIÃO INTERNA

 

Em reunião interna, esta semana, com partidários do Cidadania 23, grêmio político que se filiou há um ano, Vinicius Miguel discutiu vários aspectos da cidade, problemas da juventude e dificuldade da pré-campanha no atual momento. “As reuniões tem sido virtuais, evitando contatos pessoais. Infelizmente, é uma imposição de saúde pública e as vidas estão em primeiro lugar”, explicou o pré-candidato.

 

DIVERSIDADE E PLURALIDADE DO GRUPO

 

Em vídeo bem humorado (veja abaixo), circulado pela equipe de voluntários Vinicius, se vê uma grande diversidade do grupo. Na pluralidade, se veem artistas, estudantes, empresárias, servidores públicos, entre outros.

 

Vinícius Miguel vai enfrentar um pleito eleitoral incomum, com restrições para reuniões físicas e aglomerações como comícios. A maioria dos contatos será feita virtualmente.

FONTE: MAIS RO

Com posse suspensa, professores convocados vivenciam dificuldades financeiras.

 

Por Ranielle Ramos*

 

 

A pandemia trouxe impactos financeiros para vários setores da sociedade. Não está fácil para ninguém, mas a situação vivenciada pelos professores aprovados/convocados no Concurso da Prefeitura de Porto Velho 2019 é realmente preocupante.

 

Os professores convocados realizaram os exames, mas não tomaram posse de seus cargos, todavia, devido a estabilidade da vaga em um concurso e tendo já sidos convocados, vários professores que atuavam na rede privada pediram demissão e muitos estão passando dificuldades e necessidades básicas, até mesmo como alimentação.

 

Alguns professores que pediram demissão perderam direitos e benefícios, outros estão com os companheiros desempregados devido a crise da pandemia do novo corona vírus.  Há casos de professores que pegaram dinheiro emprestado ou gastaram tudo que tinham para pagar os exames médicos que chega até ao valor de 2.000 reais.

 

Com o Decreto de estado de calamidade, a Prefeitura suspendeu as posses dos candidatos. Como a suspensão aconteceu de forma inesperada, após quase seis meses, os professores estão vivenciando dificuldades e sonhando com a posse, para “sair do aperto” e realizar o sonho de ser professor da rede municipal de Porto Velho.

 

Com a regularização das aulas remotas na Educação Infantil a necessidade de professores aumentou, mas ainda não houve posse e ainda não há uma previsão exata de quando esses professores irão tomar posse e exercer suas funções.

 

Vários professores realizaram o processo de descompatibilização para concorrer as eleições municipais, há professores que estão atuando com duas turmas sem receber hora extra, o que dificulta que a necessidade seja suprida e os colegas possam tomar posse.

 

A qualquer novidade, nossa equipe estará atualizando as notícias sobre essa situação, devido a prioridade e sensibilidade para as dificuldades relatadas por esses professores.

 

*Ranielle Ramos é jornalista em Porto Velho com registro sob o n° 099.665.356-24.

NOTA: Professora Val Barreto se afasta do Portal “Professores de PVH”!

 


Por Gabriela Dourado.

 

Devido a decisão de concorrer para vereadora nas eleições municipais de 2020, a professora e Jornalista fundadora do Portal professores de PVH se afastou de suas funções devido ao respeito pela democracia e a legislação eleitoral.

 

Val Barreto é pré-candidata a vereadora em Porto Velho pelo partido cidadania 23. Ausentando-se de qualquer influência e respeitando a escolha dos eleitores, a ativista política deixa o site, as redes sociais e grupos no whatsapp a fim de dar espaço a todos e a si.

 

Tendo como pré-candidato a prefeito o professor Vinícius Miguel (também do partido Cidadania), Val afastou-se por livre vontade, pois entende e respeita a escolha de todos por candidato “A” ou candidato “B”, afinal isso é democracia.

 

“É uma escolha minha. Peço desculpas se decepciono por eu decidi concorrer. Devido ao respeito pela liberdade, democracia e legislação eleitoral, não quero influenciar a decisão de ninguém” – Desabafou antes de sair dos seus grupos.

 

Prof. Val Barreto.

Val Barreto é professora na rede municipal de Porto Velho, formada em Pedagogia pela Faculdade Metropolitana/FIMCA, pós-graduada em Supervisão Escolar, é jornalista neste site, é ativista política e militante da educação, é uma das idealizadoras do movimento “SALVE O IPAM” que denunciou irregularidades na assistência médica do Instituto de Previdência e Assistência dos Servidores do Município de Porto Velho – IPAM.

 

A jornalista ficará afastada das redes sociais até o final da campanha, retornando em breve com a militância pela educação, independente de quais sejam os resultados nas urnas.

 

A administração do site "www.professoresdepvh.com" ficará sob a responsabilidade e postagem da professora Gabriela Dourado e da jornalista Ranielle Ramos registrada sob o n° 099.665.356-24 o telefone dela é: (999690113).

 

As redes sociais estão sob a responsabilidade dos novos administradores:

 

1. Professor Sivanildo Martins (99954-5009).

 

2. Professora Gabriela Dourado (99236-2884).

 

3. Coordenadora Gleiciany Prata: (99267-3138).

 

 

Agradecemos a compreensão.

Vinicius Miguel e os professores: o que ele tem em mente?

Imagem - Fernando Ivson.

Por Val Barreto*.


Na noite desta sexta-feira (14/08) o pré-candidato a prefeitura de Porto Velho Vinicius Miguel pelo Partido Cidadania, participou de uma entrevista no Canal 5.1 Rema TV no qual abordou com sinceridade, várias problemáticas envolvendo a educação municipal e os professores que atuam nas escolas da rede pública de Porto Velho. 

Imagem - Fernando Ivson.

Imagem - Fernando Ivson.


Na entrevista, ele aborda pontos que merecem destaque, pois revelam o que o pré-candidato tem em mente para a educação na capital e para os professores. A parte em que Vinicius Miguel aborda a educação tais pontos, pode ser assistida no vídeo abaixo:

 

Vinicius Miguel falou sobre gestão democrática, saúde mental nas escolas, valorização dos professores, sobre as aulas remotas, sobre a remuneração e gastos pessoais dos professores durante atuação com ensino remoto e muito mais, confira minha análise:

 

GESTÃO DEMOCRÁTICA:

 

Vinicius Miguel relembrou que a gestão democrática estava no seu plano de governo desde 2018 quando concorreu para governador e continua sendo prioridade, independente de ser pré-candidato ou não, a sua concepção de gestão democrática são pautados nos princípios da Constituição e na LDB e enfatizou que a direção das escolas precisa ser participativa, com mandato rotativo, eleito pela comunidade escolar, pelos pais e pelos professores.

 

SAÚDE MENTAL NAS ESCOLAS:

 

Considerando a saúde mental dos professores como um ponto chave, ele afirmou que a atenção a saúde nas escolas municipais, deve partir da implementação da Lei 13.935/2019 que dispõe sobre a prestação de serviços de psicologia e de serviço social nas redes públicas de educação básica, ou seja, a presença de psicólogos e assistentes sociais nas escolas como profissionais integrantes da equipe pedagógica das escolas.

 

Considerando o contexto da pós-pandemia e retorno das aulas presenciais, bem como os impactos psicológicos aos professores, o pré-candidato acredita que é preciso atenção com o “novo normal” no cenário de Pós-Pandemia do Coronavírus e COVID-19:

 

“Antes da imposição desses “novos normais”, a gente precisa falar de saúde mental nas escolas e pra isso, eu acredito que a gente precisa implementar a legislação federal já aprovada que torna obrigatória a presença de psicólogos nas escolas” – Enfatizou, Vinicius.

 

VALORIZAÇÃO DOS PROFESSORES:

 

Quando questionado sobre como pretende valorizar os professores, Vinicius Miguel disse que um das questões principais é própria remuneração e afirma que remunerar os professores adequadamente é um ponto de partida:

“Remunerar adequadamente os professores do município é um débito histórico que Porto Velho precisa retomar. O salário dos professores é vergonhoso, isso é trágico, é lamentável. Quem quer ser professor municipal? Somente esses heróis que hoje estão no cargo” – Ressaltou.

 

ENSINO REMOTO E DESVALORIZAÇÃO:

 

Citando a nova metodologia de ensino remoto, Vinicius cita que os professores municipais pagam para trabalhar e que em nenhuma outra profissão é aceitável o profissional tirar do bolso para trabalhar, mas para o professor essa atitude é vista com normalidade:

 

“Os professores passaram a trabalhar usando a sua energia elétrica, usando o seu pacote de dados de telefone, de internet, muitas vezes tendo que pagar impressões ou utilizar o seu próprio computador. Em qualquer local, seria inadmissível um profissional usar tudo isso” – Lamentou.

 

A diferença entre um candidato que é professor é nítida e a forma como ele trata os professores e reconhece as mazelas da educação, pode trazer o diferencial que a educação precisa.

 

*Val Barreto é professora na rede municipal e jornalista em Porto Velho.

G1: “Seduc anuncia plano para possível retorno das aulas presenciais em Rondônia”.

G1: Mesmo sem uma data definida para o retorno das atividades escolares, por causa da pandemia do novo coronavírus, a Secretaria de Estado da Educação de Rondônia (Seduc) divulgou, nesta quarta-feira (12), o "Plano de retorno às aulas presenciais".

 

A proposta ainda é preliminar e não significa a volta imediata das aulas. O documento foi criado para orientação e organização dos gestores das instituições públicas e privadas.

 

As aulas presenciais da rede pública estão suspensas desde março, na época a previsão de paralisação inicial era de 15 dias, mas com o avanço da pandemia no estado, os estudantes já entraram no quinto mês em casa.

 

Confira a nova tabela salarial dos professores (Classe e referência).

 

Por Val Barreto.


Os professores estaduais já podem conferir a nova tabela salarial com os valores que serão reajustados no mês de agosto. A tabela apresenta os demonstrativos das classes e referências. Para conferir basta olhar a imagem acima ou baixar em PDF – CLIQUE AQUI.

FINALMENTE: Piso salarial dos professores estaduais de RO é atualizado!

 

Por Val Barreto.

 

Após duras críticas dos professores nas redes sociais, aliadas a luta dos sindicatos SINPROF e SINTERO, finalmente o piso salarial dos professores que atuam na Rede Pública Estadual foi atualizado.

O Governo de Rondônia, por meio da Secretaria de Estado da Educação (Seduc), atualizou o piso salarial dos professores da rede pública estadual de ensino, por meio do Decreto n° 25.296, de 13 de agosto de 2020.

 

Em reunião da Mesa Estadual de Negociação Permanente (Menp), ocorrida na terça-feira (11/08), a equipe econômica do Governo confirmou à Seduc a autorização da implantação do piso salarial dos professores na folha de pagamento do mês de agosto deste ano, e mais o pagamento dos valores referentes ao mês de julho de 2020, conforme previsto na Lei Federal n°11.738, de 16 de julho de 2008.

SEMED anuncia Plano de retorno às aulas presenciais – Confira as medidas!

 

COMDECOM: Para manter-se de acordo com as medidas de distanciamento social e dos procedimentos de higiene, a Prefeitura de Porto Velho, através da Secretaria Municipal de Educação (Semed) incluiu no plano de retorno às aulas presenciais o regramento que deverá ser adotado pelas escolas e profissionais da educação no âmbito do Município.

 

A justificativa, segundo o secretário municipal de Educação, Márcio Félix, é a necessidade de imprescindibilidade de que o retorno às aulas não contribua para um aumento sucessivo no número de casos de positivos do novo coronavírus (Covid-19).

 

“O emprego dessas orientações leva em consideração a realidade local e as dificuldades enfrentadas por cada escola onde podem, caso necessário, sofrer alterações e adaptações, conforme o decorrer do controle da situação de saúde local. O objetivo é único: impedir a propagação da doença entre os profissionais da educação, os alunos e suas famílias”, disse Félix.

SEMAGRIC abre seletivo para nível fundamental com salários de R$ 3.659,40.

 

A Prefeitura de Porto Velho publicou edital para seleção de 41 profissionais para atender a Secretaria Municipal de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Semagric).  O período de inscrições para a contratação de Operador de Máquinas Pesadas e Motoristas de Veículos Pesados começa no próximo dia 25, seguindo até 6 de setembro. As contratações são por seis meses e a seleção se dará por provas de títulos e prática. A homologação do resultado final será em 22 de setembro. O salário mais gratificação e outros benefícios chega a R$ 3.659,40.

Para se inscrever o candidato deverá acessar o site https://www.portovelho.ro.gov.br onde estarão disponíveis: o Edital, a ficha de inscrição online e os procedimentos necessários para a inscrição.

CLIQUE AQUI E CONFIRA O EDITAL

FONTE: RO AGORA.

OPCIONAL: TCC NÃO É MAIS OBRIGATÓRIO NA PÓS-GRADUAÇÃO IEMAR.




Por Val Barreto.

O instituto Educacional Maris (IEMAR) não exige mais TCC/ARTIGO. A pós Graduação não tem provas presenciais, nem online, apenas atividades no final de cada módulo, no qual o aluno envia somente o gabarito e a nota é lançada no portal. Tudo ficou mais mais fácil.

O IEMAR está com promoção para todos os cursos, nas mensalidades de R$49,99 por todo o mês de AGOSTO e nas matrículas de R$69,99. As mensalidades só para SETEMBRO e são feitas no boleto bancário ou cartão, conforme o aluno preferir e poder paga em qualquer dia de agosto, conforme o pagamento do aluno. 

promoção vale para todos os cursos de pós-graduação lato sensu de todas  as áreas. Você pode escolher a duração do curso e estudar uma pós-graduação em no mínimo 4 meses e no máximo 18 meses. 

Para os demais cursos as mensalidades correspondem aos valores e duração conforme a seguir.

DURAÇÃO DO CURSO E PARCELAMENTOS:

18x de R$49,99 
12x de R$75,00 
10x de R$90,00 
6x de R$150,00 
4x de R$225,00 

MATRÍCULA (COMO FAZER):

Para fazer sua matrícula só preciso que você preencha um formulário enviando as respostas pelo Whatsapp pelo número (69) 9931069-42 ou por este link: https://whats.link/matriculasposgraduacao chama no privado!

PAGAMENTO DA MATRÍCULA:

Você paga somente a matrícula agora no valor de R$69,99 reais para pagamento em qualquer dia de AGOSTO em que a mensalidade deve vencer em qualquer dia de SETEMBRO. 

A matrícula pode ser paga no boleto ou transferência bancária. 

Neste final de semana, IEMAR oferta pós-graduação a R$39,99.


Por Val Barreto.

Neste final de semana, até domingo (09 de agosto) você pode aproveitar o Isolamento social para se preparar e se capacitar! O instituto Educacional Maris (IEMAR) está com uma promoção nos seguintes cursos:

Gestão Integradora.
Psicomotricidade.
Educação Infantil.
Neurociência e Aprendizagem.
Educação Especial e inclusiva.
   

VALORES:

*18xR$39,99*

*12xR$59,99*

*10xR$72,00*

*6xR$119,00*

*4xR$180,00*

*3xR$240,00*

As matrículas no valor R$69,99 podem ser pagas até dia 13 de agosto e as mensalidades em qualquer dia de setembro, o aluno escolhe. As mensalidades são feitas no boleto bancário ou cartão, conforme o aluno preferir.

MATRÍCULA (COMO FAZER):

Para fazer sua matrícula só preciso que você preencha um formulário enviando as respostas pelo Whatsapp pelo número (69) 9931069-42 ou por este link: https://whats.link/matriculasposgraduacao chama no privado!

PAGAMENTO DA MATRÍCULA:

Você paga somente a matrícula agora no valor de R$69,99 reais para pagamento até o dia 09/07 e escolhe o dia em que a mensalidade deve vencer só em agosto. A matrícula pode ser paga no boleto ou transferência bancária. 

NOSSAS REDES SOCIAIS