Novo portal do servidor causa transtornos a servidores municipais! (E AGORA?)



Por Val Barreto.

A Secretaria Municipal de Administração (SEMAD) realizou na semana de pagamento dos servidores municipais, a migração para o novo Sistema E-Cidade do Portal do Servidor. Entre os transtornos estão alguns casos:

    • Desconto indevido na folha de pagamento;
    • Desconto indevido do IPAM;
    • Cobrança de Empréstimos não realizados;
    • Idade divergente da data de nascimento;
    • Não acesso a cadastro no Novo Portal do Servidor e outras.

A mudança repentina além de causar vários transtornos, como atrasos no pagamento, descontos indevidos, falta de auxílios, gratificações e férias, gerou muitas dúvidas em relação a algumas nomenclaturas que tiveram seus nomes alterados.

Sobre as nomenclaturas, a SEMAD esclareceu em nota, não se trata de novos descontos, a exemplo está a nomenclatura "IPAM FINANCEIRO SOBRE SALARIO", que anteriormente era chamada "IPAM PREVIDÊNCIA 11%" e trata apenas da informação de incidência sobre o cálculo de previdência, não havendo qualquer desconto sobre os rendimentos do servidor.

Houve servidores acreditando que se tratava de novos descontos, principalmente com relação ao IPAM, por isso venho ressaltar que existem 3 descontos do IPAM, sendo estes:

- IPAM SAÚDE (Contribuição de 7% da Assistência Médica);

- IPAM PREVIDÊNCIA (11% da contribuição com a previdência para aposentadoria) Esse desconto agora se chama “IPAM financeiro sobre salário”;

- IPAM ELEMENTO MODERADOR (Contribuição de até R$390 de contribuição pelo uso da Assistência Médica em cirurgias e exames de alto curso).

SOBRE OS PAGAMENTOS QUE NÃO SAÍRAM:

Os salários de alguns servidores não saíram, devido as informações da agência e conta bancária estarem errados, prejudicando o depósito dos proventos.

Os responsáveis pela folha de pagamento já estão corrigindo os erros, todavia é preciso que os servidores que estão nessa situação, procurem a SEMAD pelos telefones, para saber, como fazer as devidas correções.

SOBRE O 1/6 DE FÉRIAS (ALGUNS NÃO RECEBERAM):

Alguns servidores não receberam o 1/6 de férias, mesmo tendo direito, como é o caso dos especialistas em educação (orientação e supervisão). Houve caso de professores que também não receberam, todavia, os professores que entraram em menos de 1 ano, ou seja, no último Concurso da Prefeitura Municipal de 2019, não tem direito a receber e nem gozar da 1/6 de férias, pois pela Legislação, o servidor deve estar em exercício pelo menos 1 ano.

E AGORA? COMO REGULARIZAR SUA SITUAÇÃO:

A SEMAD informou as secretarias que por motivo de mudança de sistema, Modúlo GP para o E-Cidade, ocorreram esses problemas na situação funcional e financeira de alguns servidores.

Essas situações devem ser requeridas pelo servidor (de próprio punho) e enviadas ao e-mail: atendimentoservidordgp@gmail.com 

OBS: Os dados funcionais devem vir no texto do requerimento, bem como, a situação requerida com anexos quando necessário.

As horas extras pagas a menor, bem como, as horas extras retroativas, serão regularizadas em julho.

Foi informado ainda que já estão sendo tomando todas as providências para o pagamento de 1/6 de férias para os servidores Especialistas em Educação que não receberam em junho, serão regularizadas em julho.

Quanto o não pagamento de 1/6 de férias dos servidores Monitores de Ensino, a SEMAD informou que está realizando consulta a PGM (Procuradoria Geral do Município) a fim de dirimir conflitos de legislação.

A SEMAD pede desculpas pelos transtornos ocorridos e os servidores estão trabalhando para corrigir todos os problemas.


Qualquer nova orientação será informada em um dos grupos “PROFESSORES DE PVH” se você ainda não participa, abaixo seguem os links dos nossos grupos:





 FONTE: COMDECOM - SEMAD - PMPV


Comente com o Facebook:

:) :,( ;) :D :-/ :? :v X( :7 :-S :(( :* :| :-B ~X( L-) =D7 :-w s2 \m/ :p kk

0 comentário

Postar um comentário

Deixe seu comentário, sugestões, críticas, será um prazer responder você.

NOSSAS REDES SOCIAIS