Enem: Inep libera cartilha com critérios de correção da redação


Nesta terça-feira, 26 de maio, o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) disponibilizou para o público em geral a cartilha seguida pelos avaliadores que corrigem a redação do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Este material era restrito aos corretores.  O material é composto por seis manuais de capacitação dos corretores de redação, elaborados para a edição de 2019. São cinco manuais para cada uma das competências avaliadas na redação do Enem e um manual que descreve as situações que levam à nota zero. 

Baixe aqui a cartilha dos corretores da redação do Enem  - CLIQUE AQUI.

De acordo com o Inep, a intenção de liberar o material pela primeira vez é adicionar mais um recurso de estudo para os estudantes que estão sem aula devido à pandemia de coronavírus (covid-19). "O material permitirá um aprofundamento dos participantes, professores e estudantes em geral", diz o Inep. 


Esses manuais são diferentes das cartilhas divulgadas todos os anos para os participantes do Enem. Os manuais dos corretores são mais detalhistas no que diz respeito ao que define a pontuação em cada uma das competências avaliadas. 

Correção da redação do Enem 

A redação do Enem é avaliada por dois corretores, que concedem uma nota entre 0 e 200 pontos em cada uma das cinco competências: 

1) Domínio da norma padrão da língua portuguesa; 2) Compreensão da proposta de redação; 3) Seleção e organização das informações; 4) Demonstração de conhecimento da língua necessária para argumentação do texto 5) Elaboração de uma proposta de solução para os problemas abordados, respeitando os valores e considerando as diversidades socioculturais. 

Caso a diferença entre as notas dos dois avaliadores for maior que 80 pontos em uma competência ou superior a 100 pontos no total, um terceiro corretor avalia a redação. Nesse caso, a nota final do participante será a média aritmética entre as duas notas totais que mais se aproximarem. 

Persistindo a discrepância de notas, a redação é avaliada por uma banca de especialistas. Essa banca também avalia todas as redações que recebem nota 1000 pelos avaliadores. 

Enem 2020 

As inscrições para o Enem 2020 encerram amanhã, dia 27, após terem sido prorrogadas. A taxa é de R$ 85 e deve ser paga até quinta-feira, dia 28. Cerca de 5,5 milhões de estudantes já efetuaram a inscrição. 

As provas do Enem 2020 foram adiadas em 30 a 60 dias após pressão de estudantes, políticos e órgãos da Justiça. O Inep irá realizar, em junho, uma enquete direcionada aos inscritos perguntando sobre por quanto tempo adiar as provas. Inicialmente, elas estavam marcadas para os dias 1 e 8 de novembro, provas impressas, e 22 e 29 de novembro, provas digitais. 
 

Comente com o Facebook:

:) :,( ;) :D :-/ :? :v X( :7 :-S :(( :* :| :-B ~X( L-) =D7 :-w s2 \m/ :p kk

0 comentário

Postar um comentário

Deixe seu comentário, sugestões, críticas, será um prazer responder você.

NOSSAS REDES SOCIAIS