Suspensão dos consignados aguarda decisão de Hildon Chaves.


O PL de autoria do vereador Edwilson Negreiros (PSB) garantiu a suspensão dos pagamentos de empréstimos consignados dos serviores ativos, inativos e pensionistas do município de Porto Velho, porém a decisão ainda aguarda a assinatura do prefeito Gilson Chaves, que como chefe do executivo irá bater o martelo se aprova ou não a suspensão.

Há quem diga que os bancos irão recorrer, por tal medida ser ilegal, todavia, vale ressaltar que os servidores municipais, embora empregados necessitam com urgência que tal medida seja aprovada, ainda mais considerando o cenário da pandemia do COVID-19 que só piora a casa dia.

"Estou contando com o bom senso do prefeito. Se não houver essa suspensão, as coisas vão ficar mais difíceis, pois muitos de nós temos o contracheque defasado por empréstimos consignados, que fazemos por necessidade" - Ressaltou uma professora que procurou este portal para obter notícias. 

O texto foi aprovado pela maioria absoluta dos membros da Casa de Leis. Agora, a matéria segue à sanção do prefeito Hildon Chaves, que poderá sancioná-la ou vetá-la.

A medida vale enquanto vigorar o Estado de Calamidade Pública, decretado pelo município. Lembrando, porém, que o desconto é facultativo.


O servidor que quiser aderir à suspensão precisa apresentar declaração de vontade à Secretaria Municipal de Administração – SEMAD. 

Caso contrário a cobrança continuará sendo efetuada normalmente. Já o servidor da Câmara Municipal deverá apresentar Requerimento ao Departamento de Recursos Humanos.

Comente com o Facebook:

1 comentários:

:) :,( ;) :D :-/ :? :v X( :7 :-S :(( :* :| :-B ~X( L-) =D7 :-w s2 \m/ :p kk

Deixe seu comentário, sugestões, críticas, será um prazer responder você.

NOSSAS REDES SOCIAIS