Retorno das aulas nas escolas: O que se sabe a respeito?



Por Val Barreto.

A Prefeitura de Porto Velho divulgou o decreto nº 16.629 nesta quarta-feira (15/04) que flexibilizava o funcionamento do comércio e dos prestadores de serviços durante o período de combate a pandemia do novo coronavírus, deixando a educação já preocupada com um possível retorno das aulas, todavia, após suspensão pela Defensoria Pública do Estado de Rondônia (DPE-RO), o retorno das aulas previsto para o mês de maio nas escolas municipais e para junho nas escolas estaduais, segue ainda sem possibilidade de retorno e data oficial.

Após o fim do decreto de calamidade pública, os professores e alunos retornarão suas atividades nas escolas, de forma presencial, todavia, no momento, as atividades serão realizadas remotamente, através da modalidade EAD no ensino fundamental e médio.
A suspensão dos efeitos do decreto seguirá até que o município disponha de condições de trabalho para os professores e para toda a população portovelhense, o que inclui kits para exames massificados de detecção do COVID-19, equipamentos de Proteção Individual (EPIs) para as equipes de atendimento à população (médicos, enfermeiros, bombeiros, policiais, professores, dentre outros), além da quantidade de leitos e UTI’s suficiente para atender a população.


Os professores de Rondônia, embora preocupados com a situação da suspensão das aulas, consideram essencial para combater o avanço da pandemia, a adoção e preservação das medidas de isolamento social, para não sobrecarregar o sistema de saúde, todavia, o retorno das aulas e de suas atividades, depende de determinação da prefeitura, do Governo do Estado e das secretarias municipal e estadual de educação, SEDUC e SEMED.

Rondônia confirmou mais quatro casos do novo coronavírus e total passou para 73 diagnósticos na região, de acordo com dados do boletim da Secretaria Estadual de Saúde (Sesau) divulgado no início da noite desta quarta-feira (15). O estado ainda segue com duas mortes registradas por Covid-19.

No novo boletim da Sesau, as 73 confirmações estão divididas em:

52 em Porto Velho;
7 em Ariquemes;
3 em Rolim de Moura;
6 em Ouro Preto do Oeste;
3 em Ji-Paraná,
1 em Jaru e;
1 em Vilhena.
Texto escrito por Val Barreto – Pesquisa: G1.

Comente com o Facebook:

:) :,( ;) :D :-/ :? :v X( :7 :-S :(( :* :| :-B ~X( L-) =D7 :-w s2 \m/ :p kk

0 comentário

Postar um comentário

Deixe seu comentário, sugestões, críticas, será um prazer responder você.

NOSSAS REDES SOCIAIS