CORONA X SINDICATOS: Servidores cobram suspensão da contribuição mensal aos sindicatos!



Por Val Barreto.

Algumas medidas de enfretamento ao Coronavírus têm sido pensadas para garantir aos servidores mais estabilidade financeira durante a crise da pandemia do COVID-19 pela qual os servidores estão vivenciando, a exemplo está o Projeto de Lei do Presidente da Câmara Municipal de Porto Velho, Edwilson Negreiros que busca a suspensão dos empréstimos consignados.

O que chamou a atenção dos servidores, tanto municipais, quanto estaduais, é o silêncio dos sindicatos, com relação ao desconto mensal em folha, que segue sendo cobrados, rigidamente.

Para os servidores, a suspensão da contribuição sindical seria um exemplo a ser dado pelos sindicatos, uma vez que a garantia de condições de trabalho dignas aos professores e demais servidores da educação, devem ser a prioridade dos sindicatos, principalmente num momento como esse.

Cobrar da prefeitura e do governo, medidas que desafoguem os proventos dos servidores, explicita a necessidade dos sindicatos, olharem para o próprio umbigo, antes de exigir flexibilização e medidas para suprir as dificuldades financeiras que aguarda, principalmente os servidores da SEDUC, alvo da suspensão de várias gratificações e direitos, após medida do Governo do Estado e Tribunal de Contas do Estado (TCE).

Muitos servidores expressam nas redes sociais, a cobrança dessa suspensão, uma vez que a iniciativa significaria no mínimo, valorização por parte dos sindicatos e sensibilização pela crise que está sendo enfrentada, tirando a paz e o sono dos professores e demais servidores da educação, afinal cada centavo é muito bem vindo.

Infelizmente, o silêncio perdura...


Comente com o Facebook:

:) :,( ;) :D :-/ :? :v X( :7 :-S :(( :* :| :-B ~X( L-) =D7 :-w s2 \m/ :p kk

0 comentário

Postar um comentário

Deixe seu comentário, sugestões, críticas, será um prazer responder você.

NOSSAS REDES SOCIAIS