Servidora da SEDUC diz que a educação é o caminho para realizar sonhos.



A servidora da Secretaria de Estado da Educação (Seduc), Rita Rios Lopes Vasconcelos, dava aula de reforço aos 14 anos de idade e aos 16 foi contratada na rede pública estadual para atuar como educadora, tudo graças ao esforço e dedicação aos estudos que foram a ponte para a realização de sonhos. Essa é mais uma história de luta e conquista para homenagear o Dia Internacional da Mulher, comemorado em 8 de março.

Nascida em Rondônia em 1954, ela trabalhou dez anos em sala de aula sendo professora e 15 anos sendo como diretora escolar. “Comecei a trabalhar em Porto Velho em 1970 e ministrei aula na escola Duque de Caxias, Getúlio Vargas, Major Guapindaia e Padre Chiquinho”, explica a educadora.

No tempo que ministrava aula, as dificuldades existiam com o transporte e a carga horária. “ Na época não tinha nem transporte, professora tinha que ir para sala de aula andando no tempo chuvoso. Ministrava aula de manhã até a noite, e tinha que criar as atividades para os alunos, além de participar de cursos para melhor o desempenho dentro de sala de aula”, disse Rita.

A servidora conta com satisfação que sempre trabalhava com os alunos as atividades lúdicas do Dia das Mães, festas juninas e atividades esportivas. “Incentivávamos os alunos a participar das atividades. E todo mês realizávamos o ato cívico cantando o Hino Nacional”.

Atualmente a servidora trabalha no Recursos Humanos da Seduc em Porto Velho, corrigindo folha de pagamento de 20 mil servidores estaduais. “Já fui coordenadora de Recursos Humanos e de Contratação de Professores. Trabalho aproximadamente há 30 anos na área administrativa”, explica Rita.

Ela conta que é muito grata aos alunos. “A maioria dos meus alunos, hoje, trabalha comigo na Seduc. Os meus ex-alunos agradecem o curso de administração escolar da escola Major Guapindaia, tenho muito carinho por eles”.

A educadora conta que já passou 18 anos do tempo de aposentadoria. “ Tenho 65 anos de idade. Gosto de trabalhar e participar de atividades educativas para obter mais conhecimento. Não aposentar agora, é uma opção minha”.

A servidora conta que tudo que conquistou foi através dos estudos. “A mulher tem que estudar e construir sua família, ter sua casa e sua dinâmica de trabalho. Nunca deixei nada pra trás, sempre corri em busca dos meus objetivos. Trabalhei muito e trabalho até hoje”.


Comente com o Facebook:

:) :,( ;) :D :-/ :? :v X( :7 :-S :(( :* :| :-B ~X( L-) =D7 :-w s2 \m/ :p kk

0 comentário

Postar um comentário

Deixe seu comentário, sugestões, críticas, será um prazer responder você.

NOSSAS REDES SOCIAIS