As propostas de Samuel Costa para a educação de Porto Velho.



Por Val Barreto.

Na coluna “Política em foco” dessa semana, irei abordar as principais propostas dos pré-candidatos a Prefeitura de Porto Velho, para a educação da nossa cidade e para os servidores públicos da rede municipal, afinal é importante analisar a ideia dos candidatos sobre o funcionalismo público, uma vez que o prefeito, bem como suas ações afetam a vida e o trabalho dos servidores. Ignorando as fakes news e qualquer preferência partidária, confira o que foi possível assimilar, de uma breve conversa com o pré-candidato:

Quem é Samuel Costa:

Ele é professor, é jornalista e está fazendo mestrado em Ciência da Educação. Já foi assessor na Assembleia Legislativa (ALE/RO), se filiou recentemente ao PCdoB e foi ao Maranhão conhecer as experiências de sucesso de Flávio Dino, o governador que apostou na Educação, e onde o professor é o mais bem pago do país e muito valorizado, em vários outros aspectos.

As propostas de Samuel Costa, para a educação:

Samuel, afirma que irá governar para todos e por isso, se considera o candidato apto para pensar em todos os povos que compõem a nossa cidade. Entre suas propostas, se eleito, o candidato destaca a priorização na construção de mais escolas e creches para diminuir a evasão escolar. Acreditando nos demais elementos que compõem a educação, Samuel afirma que pretende realizar melhorias na merenda, que é oferecida aos alunos, para que as crianças apresentem um melhor rendimento escolar.

Um ponto que Samuel, ressalta bastante, é o financiamento e a qualidade do transporte escolar e destaca:


“Sem transporte escolar rural, alunos dos distritos de Porto Velho perdem o ano letivo. Temos que dar um basta a essa negligência, imprudência e falta de razoabilidade. A Prefeitura, Câmara de vereadores do município e o Ministério Público devem avocar pra si, essa responsabilidade” – Afirma Samuel.

E os funcionários públicos?

Para Samuel, respeitar e valorizar os servidores públicos, é o primeiro passo para garantir a qualidade de vida da população, afinal, são os servidores que prestam serviços a população portovelhense.

“O governo tem que valorizar e respeitar os trabalhadores, sejam da iniciativa pública ou privada. Através de mecanismos propositivos, para reacender a esperança do povo, desbravar alternativas e buscar saídas para os que mais necessitam do poder público” – Disse o pré-candidato a prefeitura de Porto Velho.

Samuel Costa fez o lançamento da sua pré-candidatura na sede do Sindicato dos Professores de Rondônia (SINPROF/RO) e se colocou a disposição da sociedade de Porto Velho:

“O momento dos testes já passou. Agora é hora de a população ter a chance de escolher alguém que conheça gestão pública na prática e tenha um olhar progressista sobre as áreas sensíveis da administração” – Salientou.


Comente com o Facebook:

:) :,( ;) :D :-/ :? :v X( :7 :-S :(( :* :| :-B ~X( L-) =D7 :-w s2 \m/ :p kk

0 comentário

Postar um comentário

Deixe seu comentário, sugestões, críticas, será um prazer responder você.

NOSSAS REDES SOCIAIS