Justiça de Rondônia proíbe Marcos Rocha de ‘flexibilizar’ medidas de isolamento



A juíza Inês Moreira da Costa, da 1ª Vara de Fazenda Pública concedeu liminar (decisão provisória) em uma Ação Civil Pública, movida pelo Ministério Público do Estado, proibindo o governador Marcos Rocha de promover mudanças nos decretos para atender solicitação de empresários que querem a flexibilização nas regras das medidas de isolamento. A decisão foi proferida na tarde desta segunda-feira, 30.

De acordo com a magistrada, verifica-se que o incentivo para que a população saia às ruas e retome sua rotina, sem que haja um plano de combate à pandemia definido e amplamente divulgado, sem que existam kits de testes, equipamentos de proteção individual, dentre outras medidas, pode resultar em proteção deficiente do direito constitucional à saúde, tanto em seu viés individual, como coletivo”

SEDUC: Aulas nas escolas estaduais continuam suspensas até 16/04



A Secretaria Estadual de Educação - SEDUC prorrogou a suspensão das atividades educacionais nas escolas da rede pública estadual, pelo período de 1º a 16 de abril deste ano, como forma de precaução contra o novo coronavírus.

O secretário de educação Suamy Vivecananda decidiu continuar com a suspensão das atividades escolares em conformidade com o Decreto do governo do estado, que suspendeu as aulas pelo prazo de 15 dias, em 23 de Março, quando o governador Marcos Rocha declarou Estado de Calamidade Pública em todo o estado de Rondônia.

SEMED prorroga suspensão das aulas nas escolas municipais até 16 de abril




A Prefeitura de Porto Velho, por meio da Portaria Nº 084 /2020-GAB/SEMED – Secretaria Municipal da Educação, prorrogou a suspensão das atividades educacionais nas escolas da rede pública municipal, desta vez pelo período de 1º a 16 de abril deste ano, como forma de precaução contra o novo coronavírus.

O secretário Márcio Felix (Semed), disse que a decisão leva em conta o Decreto Municipal nº. 16.597, de 18 de março de 2020, que suspendeu as aulas pelo prazo de 15 dias, podendo ser prorrogado por igual período, e também o Decreto, nº 16.612, do último 23 de Março, que declarou Estado de Calamidade Pública em todo do Município de Porto Velho.

Por determinação do prefeito Hildon Chaves, a prorrogação das atividades nas escolas municipais também levam em consideração “as medidas de prevenção ao contágio e enfrentamento da propagação decorrente do coronavírus (Covid- 19)”, enfatizou Márcio Félix.

FONTE: Comdecom

Câmara aprova distribuição de merenda a pais de alunos com aulas suspensas por coronavírus



Em sua primeira sessão virtual, a Câmara dos Deputados aprovou, na noite de quarta-feira (25/03), projeto que autoriza a distribuição de merenda a pais de alunos matriculados em escolas que tenham suspendido as aulas por causa de estado de calamidade pública provocado pelo novo coronavírus.

O texto, de autoria dos deputados Hildo Rocha (MDB-MA) e professora Dorinha (DEM-TO), foi aprovado em votação simbólica pelos parlamentares, na primeira vez em que foi utilizado o sistema de sessões virtuais.

Deputado pede suspensão dos pagamentos dos consignados em folha dos servidores públicos estaduais.



Por Val Barreto.

O Deputado Federal do PSL/RO, Coronel Chrisóstomo solicitou ao Cel. Marcos Rocha, governador do estado de Rondônia, a avaliação de medidas no sentido de suspender os pagamentos dos empréstimos consignados em folha dos servidores públicos do Estado de Rondônia, por um período de 90 dias ou mais, com o intuito de injetar recursos na economia, em razão da pandemia do COVID-19 (coronavírus) no Brasil.



No ofício, o deputado afirma a importância da adoção de medidas de incremento da economia, em especial na circulação de renda por toda a sociedade brasileira. “Cabe ao governo tomar ações para inserir dinheiro de forma direta e indireta na nossa economia, para enfrentarmos os problemas e desafios advindos pela pandemia do COVID-19 (coronavírus) no Brasil”. – Solicita Coronel Chrisóstomo.

Confira o ofício:

ANULAÇÃO: Resultado do Seletivo para Motorista Escolar é anulado!



Essa é mais uma mudança advinda da “Pandemia” COVID-19, o qual foi declarado Estado de Calamidade em Porto Velho para fins de prevenção e enfretamento à pandemia causada pelo novo coranavírus, através da ERRATA AO EDITAL Nº. 001/CE/2020 o resultado do seletivo 2020 para motorista de ônibus escolares para atender os distritos de Porto Velho, foi ANULADO.

O Resultado Preliminar publicado no Diário Oficial dos Municípios de Rondônia (DOMER) nº. 2.671, veiculado no dia 16/03/2020 está ANULADO.

Os recursos interpostos pelos candidatos, protocolados nos dias 17 e 18 de março de 2020 serão desconsiderados.

 As Comissões de Seleção instituídas pelos respectivos Conselhos Escolares, decerão realizar nova análise e avaliação documental dos candidatos por vídeo conferência e/ou visita técnica na própria escola.

Agora há um novo cronograma conforme descrito a seguir, retornando ao evento ‘Resultado Preliminar’:
 Confira a publicação na íntegra:

SEMAD concede diferentes licenças a professores/supervisores municipais.


Por Val Barreto.

Diante da pandemia do COVID-19 acho uma grande conquista quem conseguiu sua licença, mesmo quem pediu bem antes. Nesse artigo estou divulgando a portaria dos professores e especialistas em educação que tiveram licença concedida pela SEMAD.

São vários tipos de licença, desde licença-prêmio, para tratar de interesses particulares e para estudo. Confiram os professores contemplados, de várias áreas:

SEMAD divulga portaria de procedimentos temporários sobre contratações de pessoal.

PROCEDIMENTOS TEMPORÁRIOS
PORTARIA Nº 392 DE 24 DE MARÇO DE 2020

O SECRETÁRIO MUNICIPAL DE ADMINISTRAÇÃO DA PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE PORTO VELHO, no uso de suas atribuições legais conforme Art. 4º, inciso VII, Capítulo I do Decreto nº 15.715, de 25/02/2019, publicado no D.O.M.E.R nº 2405, de 26/02/2019.

CONSIDERANDO a existência de pandemia do COVID-19 (Novo Coronavírus), nos termos declarados pela Organização Mundial de Saúde (OMS);

CONSIDERANDO o estado de Emergência em Saúde Pública de Importância Nacional (ESPIN) declarado pela Portaria nº 188, de 3 de fevereiro de 2020, do Ministério da Saúde;

CONSIDERANDO o disposto na Lei Federal n.º 13.979, de 6 de fevereiro de 2020;

CONSIDERANDO a situação de calamidade pública no Município do Porto Velho reconhecida pelo Decreto nº 16.612, de 23 de março de 2020;

CONSIDERANDO o Decreto do Governo do Estado de Rondônia nº 24.887 de 20 de março de 2020;

CONSIDERANDO a necessária adoção de medidas com vistas à prevenção da disseminação do vírus e à proteção da coletividade;

CONSIDERANDO a necessidade de agilizar os procedimentos para admissão de pessoal, durante a pandemia;

RESOLVE:

Art. 1º. Esta Portaria dispõe sobre os procedimentos temporários para admissão de pessoal no âmbito da Administração Direta Municipal.

Parágrafo único. Os procedimentos dispostos nesta portaria serão de rito sumário, ou seja, menos etapas que o comum.

Art. 2º. Ficam dispensados, temporariamente, os exames admissionais dos convocados para assumir cargos efetivos e temporários, até ulterior deliberação.

Parágrafo único. A Secretaria Municipal de Administração convocará os servidores, oportunamente, para realizar os exames.

Art. 3º. Para iniciar as atividades, os convocados, na data de entrega de sua documentação, desde que cumpram os requisitos legais e aqui dispostos, sairão munidos do respectivo ofício de apresentação, o qual os destinará aos seus devidos locais de trabalho.

Parágrafo único. Eventuais dúvidas ou dificuldades poderão ser sanadas pelos telefones de contato informados nos editais.

Art. 4º. Após a conferência dos documentos, a Divisão de Cadastro, da Secretaria Municipal de Administração, implantará o cadastro do banco de dados de servidores e encaminhará a documentação para a Divisão de Folha de Pagamento para realizar a inserção do candidato no sistema de folha de pagamento.

Art. 5º. Esta Portaria entra em vigor na da data da sua publicação.

ALEXEY DA CUNHA OLIVEIRA 

Publicado por:
Fernanda Santos Julio
Código Identificador:2A276AB3

Matéria publicada no Diário Oficial dos Municípios do Estado de Rondônia no dia 25/03/2020. Edição 2678
A verificação de autenticidade da matéria pode ser feita informando o código identificador no site:
http://www.diariomunicipal.com.br/arom/

SUSPENSÃO: Prazos das Convocações do concurso da prefeitura são suspensos!



Por Val Barreto.

Devido ao decreto nº 16.597, de 18.03.2020, que decreta situação de emergência no âmbito da saúde pública do município e dispõe sobre medidas temporárias de prevenção ao contágio e enfrentamento da propagação decorrente do novo coronavírus, COVID-19, do regime de trabalho do servidor público e contratado do poder executivo, o secretário municipal de admnistração da SEMAD, através de uma PORTARIA DE SUSPENSÃO suspendeu as convocações do Concurso Público nº 001/2019/PMPVRO de 09.05.2019, que visa o provimento de vagas e formação de cadastro reserva para o quadro de pessoal da Educação da Prefeitura do Município de Porto Velho.

A suspensão tem vigor pelo período de 15 (quinze) dias, a contar da data desta publicação, em 19/03/2020, assim sendo, não está contando esses 15 dias para quem foi convocado, ainda está com tempo. Confira a portaria de suspensão:

IPAM tem nova sede!


Foto - Liberalina.


O IPAM - Instituto de Previdência e Assistência dos Servidores do Município de Porto Velho funciona agora em um local alugado. A sede fica em frente ao Hotel Vila Rica. A mudança para a sede alugada efuncionará nesse local, até que a nova sede própria seja construída.

Recursos financeiros:

Os recursos utilizados no aluguel e na construção não são do fundo de assistência médica, trata-se de recursos do fundo de previdência (2% de taxa administrativa).

Terreno e nova sede própria:

Em outubro de 2018, o prefeito Hildon Chaves, assinou o termo de doação de um terreno ao IPAM. De acordo com Hildon Chaves, o atual prédio do Ipam está com problemas estruturais sérios.
Foto - News RO.

“Nós estamos doando o terreno, que fica próximo à Maternidade Municipal, e o Ipam fará um aporte financeiro para executar a obra, que, depois de pronta, oferecerá mais conforto aos servidores” - observou.

Por que mudar de sede?

De acordo com o presidente do Instituto, Ivan Furtado, o edifício onde hoje, funciona o IPAM, não oferece condições de atender o servidor de forma segura e confortável:

O discurso do Bolsonaro e o posicionamento do prefeito Hildon Chaves sobre o Coronavírus.



Por Val Barreto.

O município de Porto Velho demonstrou ter autonomia suficiente para se posicionar em relação a pandemia do COVID -19 e não depende do aval do presidente para seguir as medidas de prevenção, implantadas pela prefeitura, com grande seriedade.

A atitude do prefeito Hildon Chaves, em manter as medidas de seguranças, mesmo após o posicionamento do presidente da república Jair Bolsonaro, demonstra compromisso com a crise sanitária que Porto Velho está vivenciando e acima de tudo a responsabilidade de um prefeito, para com a população.

De acordo o site Rondônia Agora, o pronunciamento do presidente Jair Bolsonaro na noite desta terça-feira (24), que minimizou o avanço do Coronavírus no país, classificando-a a doença como “gripezinha”, não mudará as ações da Prefeitura de Porto Velho, que determinou sérias medidas restritivas como abertura de comércio não essenciais. “Nada vai mudar. As restrições continuam e se houver necessidade podem até aumentar”, disse o prefeito Hildon Chaves.

Porto Velho decretou estado de calamidade na segunda-feira (23), como forma de prevenção e enfrentamento à pandemia causada pelo Coronavírus.

Entre as determinações de Hildon estão a suspensão de alvarás de funcionamento de empresas que não estão no rol de prestação de serviços essenciais e que atuam no ramo de lazer e entretenimento como teatros, cinemas, bares, boates, casas noturnas, danceterias, academias. Houve ainda a proibição para restaurantes e lanchonetes, permitindo a entrega e retiradas dos estabelecimentos.

Também estão proibidas corridas com mototáxi e limitação a duas pessoas em táxi ou veículos acionados por aplicativos.

Já o governador Marcos Rocha, um dos primeiros governantes a baixar medidas duras de restrição em todo o Estado, como suspensão de aulas em todos os níveis e o funcionamento de aeroportos estaduais, ainda não se pronunciou.

Ele é aliado de primeira hora do presidente da República e chegou a comemorar nos últimos dias, após teleconferência, que a União estaria disposta a suspender a cobrança da dívida do Beron e assim poder destinar os recursos no combate à “gripezinha” alardeada por Bolsonaro.

GUIAS PARA EDUCAÇÃO: PROTEÇÃO EM MEIO AO COVID-19



Os guias contêm informações checadas, comprovadas e acessíveis sobre como cidadãos ligados à educação podem agir, cobrar, e trabalhar pela proteção de todos de maneira colaborativa; e também, da parte de atores do poder público, garantir os direitos de nossas crianças e adolescentes em situação de emergência.

Quais medidas devem ser tomadas pela proteção e educação das crianças e adolescentes? Campanha Nacional pelo Direito à Educação e plataforma Cada Criança lançam dois guias de orientações.

*GUIA 1 - Para comunidade escolar, família e profissionais da educação e proteção da criança e do adolescente* - Acesse aqui: https://media.campanha.org.br/acervo/documentos/COVID-19_Guia1_FINAL.pdf

CORONAVÍRUS: Projeto de Lei 680/20 flexibiliza calendário escolar


O Projeto de Lei 680/20 permite a flexibilização do calendário letivo em caso de pandemias, doenças infectocontagiosas ou outras situações graves e emergenciais.

Asseguradas as cargas horárias mínimas anuais e os conteúdos previsto, será possível descumprir a exigência de no mínimo 200 dias de efetivo trabalho escolar. A proposta, da deputada Maria do Rosário (PT-RS), altera a Lei de Diretrizes e Bases da Educação (Lei 9.394/96).

O texto determina que o poder público deve garantir a continuidade de programas de apoio, como alimentação e assistência à saúde, desde que em formato que não represente ampliação do risco epidemiológico que atinja a vida humana.

Rosário afirma que a medida vai permitir a reorganização da carga horária obrigatória em outros quantitativos de dias ou atividades, diante do cenário de escolas fechadas contra a disseminação do coronavírus.

"Entendemos que, excepcionalmente, as 800 horas anuais de ensino podem ser cumpridas por meio de atividades escolares que possam ser realizadas além da sala de aula, a domicílio, como leituras, pesquisas, exercícios individuais ou atividades em grupo”.

Tramitação:

A proposta ainda não foi distribuída às comissões. Se houver acordo, poderá ser incluída na pauta do Sistema de Deliberação Remota do Plenário.

MEC negocia flexibilização dos 200 dias letivos da rede pública de ensino


Devido às mudanças na rotina da sociedade por conta do avanço do novo coronavírus, o Ministério da Educação (MEC) analisa com conselhos de secretários de Educação estaduais e municipais a flexibilização do mínimo necessário de 200 dias letivos por ano estabelecidos pela Lei de Diretrizes e Bases (LDB). 

Prefeito Hildon Chaves recebe 36 novos ônibus escolares"


Por Val Barreto.

A prefeitura de Porto Velho adquiriu por meio de recurso próprio, 146 ônibus escolares para realizar o transporte escolar rural dos alunos dos distritos de Porto Velho.

No dia 21 de março, 2020, o prefeito Hildon Chaves, compareceu in loco, à Buritis Transportes, para receber os primeiros 36 ônibus que chegaram a capital. 


Hildon Chaves informou que os demais ônibus estão a caminho e agradeceu ainda, a ajuda e parceria junto ao FNDE da Dep. Federal Mariana Carvalho, do Dep. Crisóstomo e também o apoio do senador Marcos Rogério.


Foram investidos 36 milhões de reais de recursos próprios da prefeitura de Porto Velho e assim que os demais ônibus da nova frota chegarem e a pandemia do coronavírus for superada, as aulas iniciarão nas escolas municipais dos distritos de Porto Velho.



O ônibus adquiridos são novos, adaptados, tem altura maior, possuem acessibilidade adequada para atender as crianças com necessidades educacionais especiais e normas básicas de segurança.


Hildon informou a notícia boa, em meio ao caos do COVID 19, através de uma live no facebook que pode ser assistida – CLIQUE AQUI.

Fonte: HILDON CHAVES - Fotos por Devalindo Santana.

Falta de informação leva candidatos a perder concurso da Prefeitura de Porto Velho.



Por Val Barreto.

Alguns candidatos que foram aprovados no Concurso da Prefeitura de Porto Velho Edital 001/2019 têm tomado decisões responsáveis por perder sua vaga. É triste, que a falta de informação, prejudique o candidato, principalmente, após a parte mais difícil que é conseguir a aprovação no certame. Na coluna "ESPAÇO CONCURSEIROS" vou abordar esse ponto, que merece atenção de todos.

O caso a que me refiro aqui, é sobre aqueles candidatos que não possuem diploma de graduação e escolhem a opção “Prorrogação de posse ou Reconvocação” como eles mesmos chamam, porém, a prorrogação de posse dá ao candidato, o prazo de mais 30 dias, findo os primeiros 30 dias, totalizando em 60 dias, acontece que em 60 dias é improvável que o candidato obtenha o cerificado para tomar posse, pois em vários casos, e repito vários casos, o candidato ainda está cursando a graduação.

Escolha errada:

Após finalizados os 30 dias de prorrogação de posse, o candidato deve apresentar a documentação, exames e diploma de graduação, porém, caso não apresente, a sua nomeação é excluída por meio de portaria e este, perde o concurso, sem qualquer chance de ser convocado futuramente. O mesmo se aplica, a candidato que não tem diploma e não se apresenta.

Escolha certa:

O candidato que não tem o diploma e não vai conseguir no prazo estipulado, deve pedir “RECLASSIFICAÇÃO” na SEMAD (Secretaria Municipal de Administração), e deve guardar o comprovante do requerimento de reclassificação, muito bem guardado, porque sua hora vai chegar.

A reclassificação levará o candidato ao final da fila, dando-lhe a chance de ser convocado novamente, após chamar todos que estão na lista atualizada. Pelo menos, o candidato, com a escolha da reclassificação não perde o concurso e ainda tem a chance de terminar sua graduação e se preparar para a convocação até o final do concurso.

Muita atenção, se não sabe, pergunte:

Se você não tem o diploma, não tem porque pedir reconvocação, ou mais prazo (prorrogação de posse), isso é em casos em que nesse período, o candidato consegue obter o diploma, se você não vai se formar a tempo, ou seja, só terá o diploma no meio ou final do ano 2020 ou 2021, não tem porque adiar por 30 dias e perder seu concurso, de uma vez por todas.

Ao chegar na SEMAD, explique sua situação, diga que não tem diploma e que ainda está cursando, e pede reclassificação de vaga. Essa escolha vai te dá tempo e oportunidade de graduar-se, para enfim estar apto a tomar posse, futuramente.

Essa informação é valiosa e pode significar a garantira de manter sua vaga e conquistar seu empreso estável e ingresso no serviço público, compartilhe essa informação, para que mais candidatos não sejam prejudicados, como vem ocorrendo.

Confira abaixo, alguns candidatos que não compareceram para tomar posse do cargo dentro do prazo previsto no §3º, art. 12 da Lei Complementar n.º 385/10, Estatuto dos Funcionários Públicos do Município de Porto Velho, publicado no D.O.M nº 3.786 de 01/07/2010, lembrando que cada caso é um caso e nem TODOS estão nessa situação que descrevi:

Prefeitura de Pimenta Bueno (RO) lança seletivo com vagas para professores e cuidador de aluno.


Prefeitura de Pimenta Bueno, no estado de Rondônia, anunciou novo processo seletivo para profissionais de níveis Médio e Superior. De acordo com o edital de nº 03/2020, estão sendo ofertadas seis vagas temporárias para os cargos de Professor PEB III e Cuidador de Alunos com Necessidades Especiais.
Os vencimentos podem alcançar o valor de R$ 2.866,99, dependendo do cargo escolhido pelo candidato.
Confira a matéria completa e saiba todos os detalhes sobre como se inscrever no processo seletivo e como será a etapa classificatória!

Cargos e vencimentos

Nível Superior

  • Cargo: Professor PEB III;
  • Área de atuação: E.M.E.I.E.F. Escola União do Calcário;
  • Uma vaga imediata e temporária;
  • Pré-requisitos: Pedagogia com Habilitação em Séries Iniciais;
  • Vencimento: R$: 2.866,99;
  • Carga horária: 30 horas semanais

Nível Médio completo

  • Cargo: Cuidador de Alunos com Necessidades Especiais;
  • Área de atuação: Secretaria Municipal de Educação, Esporte e Cultura.
  • Cinco vagas imediatas e temporárias;
  • Vencimento: R$ 1.071,00;
  • Carga horária: 40 horas semanais

Concurso Chupinguaia/RO tem vagas para professores e outras áreas.



Atenção, interessados em trabalhar na cidade rondoniense de Chupinguaia! Com oferta de mais de 60 vagas em cargos de níveis médio/técnico e superior, a Prefeitura deste município está com um novo edital publicado, de nº 01/2020. O concurso Chupinguaia vai ser realizado pela empresa MS Concursos, que aplicará prova objetiva, redação e prova de títulos.

Os vencimentos iniciais variam entre R$ 1.528,80 e 5.292,00. As inscrições podem ser realizadas, exclusivamente, por meio do site www.msconcursos.com.br, no período que vai de 09 a 23 de março de 2020.

A taxa de inscrição é de R$ 65,00 ou R$ 90,00, dependendo do cargo pretendido.

Cargos para a Secretaria da Educação:


·         PROFESSOR D – Educação Infantil
·         PROFESSOR D – 1º ao 5º ano do Ensino Fundamental

Cargos disponíveis na Secretaria de Saúde:

Edital de convocação – Professor NII – Concurso da Prefeitura de Porto Velho 2019 em PDF (19/03/2020).



Por Val Barreto.

Atendendo ao pedido, inclusive de alguns professores que acreditam que a nova convocação é Fake News, informo que estou disponibilizando a mais recente convocação do Concurso da Prefeitura de Porto Velho divulgado no diário oficial de Porto Velho dia 19 de março, 2020. O edital de convocação está em PDF e possui a lista de documentos, exames e laudos para posse.  

Para Baixar o edital – CLIQUE AQUI. 

Em caso de dúvidas sobre os exames, posse ou prorrogação de posse CLIQUE AQUI ou entre em contato (69) 9 9310-6942 


Ainda não é formada (o) e foi convocado? Saiba o que fazer. – CLIQUE AQUI

CORONA VÍRUS: IFRO ADERE SUSPENSÃO DAS AULAS (SAIBA COMO VAI FUNCIONAR)



Por Val Barreto.


O Instituto Federal de Rondônia (IFRO) diante do enfrentamento da emergência de saúde pública de importância internacional decorrente do coronavírus (COVID-19) após deliberação interna, decidiu:

1. SUSPENDER preventivamente as atividades presenciais de ensino, pesquisa e extensão no âmbito do Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia de Rondônia, no período de 18/03/2020 a 13/04/2020. As aulas e demais atividades de ensino dos cursos presenciais serão realizadas por meio de metodologias a distância, utilizando-se das diversas ferramentas de Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC) e de outras alternativas pedagógicas, conforme orientações deliberadas pela Pró-Reitoria de Ensino (PROEN/IFRO). As aulas presenciais dos cursos de Pós-Graduação também ficam suspensas e o calendário de oferta desses cursos será reprogramado.

Prefeitura convoca mais professores do concurso 2019


CORONA VÍRUS: IPAM paralisa atendimento presencial por 15 dias.



Acompanhando com atenção e compromisso a atual conjuntura envolvendo o Coronavírus (Covid-19), sua expansão dinâmica em todo o mundo e a sua chegada ao Brasil, já tendo atingido parte da população e com impacto potencial para a vida de todos nós, em especial, daqueles em situações mais vulneráveis.

O IPAM suspendeu o ATENDIMENTO PRESENCIAL, pelo período de 15 (quinze) dias, a partir de 18/03/2020. Reforçando que a suspensão neste período se trata de uma medida preventiva e deve ser acompanhada de responsabilidade social.

Como medidas de prevenção ao novo coronavírus (COVID-19), o Instituto de Previdência e Assistência dos Servidores do Município de Porto Velho – IPAM, resolve:

Suspender por 15 (quinze) dias a partir de 18/03/2020;

• O atendimento PRESENCIAL na sede do Instituto;
• Suspender a realização do recadastramento e prova de vida, não havendo assim o bloqueio dos benefícios;
• Suspender a perícia bienal, aos aposentados por invalidez, caso tenha sido marcada para o período especificado neste comunicado;

Os serviços de Emissão de guias (consulta, exames e internação clínica/cirúrgica) já são emitidos diretamente nas clínicas, hospitais e laboratórios NÃO tendo a necessidade de se dirigir ao Instituto para emissão.

CORONAVÍRUS: CNE emite nota sobre suspensão das atividades escolares.


  
MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO
CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO

NOTA DE ESCLARECIMENTO

Considerando as implicações da pandemia do COVID-19 no fluxo do calendário escolar, tanto na educação básica quanto na educação superior, o Conselho Nacional de Educação vem a público elucidar aos sistemas e os estabelecimentos de ensino, de todos os níveis, etapas e modalidades, que porventura tenham necessidade de reorganizar aa atividades acadêmicas  ou de aprendizagem em face da suspensão das atividades escolares por conta da necessidade de ações preventivas à propagação do COVID-19, o que segue:

5 melhores pós-graduações para concurso público e seletivos



Por Val Barreto.

Todo bom concurseiro tem que saber escolher os cursos de pós-graduação ideais para garantir sua vaga em concursos públicos, afinal, a concorrência está cada maior, e ter os cursos certos, pode fazer a diferença na hora de concorrer aos editais/certames. Confiram um TOP 5 com os melhores cursos de pós-graduação do Instituto Educacional Maris (IEMAR) para concursos e processos seletivos:

1. Gestão Integradora – Esse curso capacita o candidato para atuar em 4 áreas, mas duas dessas habilitações são sempre muitos comuns em concursos para o cargo de Especialista em educação (Supervisão Escolar e Orientação Escolar). Esses dois cargos, são os líderes de vagas, depois do cargo de professor. Além de esse curso capacitar para Orientação e Supervisão, também habilita para inspeção escolar e administração escolar (gestor/diretor escolar). É um curso completo e amplo.

2. Psicopedagogia – A pós em Psicopedagogia garante vagas em muitos concursos públicos, afinal, além de ser uma profissão reconhecida, é um profissional indispensável ao espaço escolar. É um bom curso, seja apenas Psicopedagogia, seja Psicopedagogia Institucional e Clínica. Há vagas para psicopedagogo em todo concurso na SEDUC.

3. Educação Especial e Inclusiva – Esse curso também é comum haver cargo para professor de educação especial. É uma boa opção de pós para quem quer atuar nessa área e quer estar um passo a frente nos concursos competindo com quem tem apenas pedagogia.

4. Educação em Unidades Prisionais – É comum para professores que querem atuar em presídios. Há vagas em processos seletivos com grande frequência. É uma opção de pós para garantir uma vaga e ainda desempenhar um papel de ressocialização.

5. Tutoria em Educação a Distância – Tanto em concursos quanto em processos seletivos essa pós-graduação habilita para um cargo que sempre tem vagas, principalmente no IFRO.

Se você se interessou por qualquer um desses cursos de pós-graduação, pode fazer qualquer um deles em no mínimo 3 meses e no máximo 18 meses. Confira os valores, parcelamentos e duração:

Há 1 ano, professora Joselita Félix foi assassinada! (Somos a voz da Joselita).


"Me acorde às 6h30". O recado deixado na porta da geladeira era para Francisco Félix, de 76 anos, acordar a filha, Joselita, bem cedo. O objetivo dela era ir ao culto dominical na igreja. Mas instantes antes do horário combinado para ser acordada, Joselita foi brutalmente assassinada e o pai dela ficou caído na frente de casa, em meio a uma enorme poça de sangue.
Era manhã de 17 de março de 2019, um domingo, quando pai e filha foram brutalmente atacados por Ueliton Aparecido da Silva, de 35 anos, dentro da própria casa em Candeias do Jamari, região metropolitana de Porto Velho. O suspeito era o ex-companheiro de Joselita.

SEMAD suspende serviços até o dia 01/04



A Prefeitura de Porto Velho, através da Secretaria Municipal de Administração (Semad), informa que preocupadas com a saúde dos servidores em relação a propagação do coronavírus, suspendeu a partir desta terça-feira (17) todos os serviços que não impactam diretamente na folha de pagamentos dos servidores municipais.

Os serviços têm previsão de retorno para o dia 1º de abril. Enquanto isso, somente serão efetuados os atendimentos que impactarão na folha de pagamento dos servidores e só será autorizada a entrada de novos contratados. Acompanhantes deverão aguardar no hall de entrada da Semad para evitar aglomeração. Já os demais atendimentos que não impactarão na folha de pagamento do servidor estão todos suspensos.

Fonte: Comdecom

NOSSAS REDES SOCIAIS