' '' SUCESSO DO PROGRAMA “ACELERA” CONFIRMA QUALIDADE DOS PROFESSORES DE PORTO VELHO! | PROFESSORES DE PVH - POR VAL BARRETO

7 de ago. de 2019

SUCESSO DO PROGRAMA “ACELERA” CONFIRMA QUALIDADE DOS PROFESSORES DE PORTO VELHO!


Por Val Barreto.

O Programa Acelera Brasil é um dos maiores desafios vivenciados pelo professor que atua nas classes de aceleração de aprendizagem, principalmente nas escolas da zona rural de Porto Velho, onde a distorção idade/série são bem mais comuns.

O Programa Acelera Brasil é uma das iniciativas que visa corrigir o fluxo escolar nas redes municipais de ensino de Porto Velho, como estratégia para possibilitar a implementação de um sistema de ensino fundamental com maior qualidade para as crianças que estudam nas escolas municipais.

Segundo a secretária adjunta da Semed, Gláucia Negreiros, a Rede Municipal obteve resultado positivo no Programa Acelera e superou a média de cinco municípios brasileiros que participam do Programa. Entre os municípios avaliados, Porto Velho representa a região Norte e demais o Nordeste, a capital rondoniense ficou em primeiro lugar com os melhores resultados.

Os professores que tiveram ou estão tendo a oportunidade de atuar no Acelera, tem em mãos desafios que provam o quanto esses professores estão comprometidos com o avanço desses alunos e da educação municipal. E o sucesso desse programa, certamente se deve principalmente, ao empenho e dedicação desses professores.

O trabalho no Acelera tem uma estrutura diferente das classes comuns que não participam do programa. Por isso, o professor que atua no Acelera, precisa atuar de forma diferenciada, por exemplo, o sistema de acompanhamento, planejamento e controle do processo é completamente diferente. As reuniões não são realizadas a cada bimestre, mas quinzenais onde são feitas avaliações e planejamento.  O professor precisa realizar diagnóstico e alfabetização de alunos defasados e não alfabetizados.


A Prefeitura de Porto Velho, por meio da Secretaria Municipal de Educação (Semed), participou em São Paulo de um encontro com o Instituto Airton Senna. A oportunidade é para receber os resultados da avaliação dos Programas 'Se Liga' e 'Acelera' ambos implantados no município com o objetivo de corrigir a distorção idade/série existente na rede pública decorrente de reprovações ou evasão escolar.

Para a gerente da Educação Básica, Cássia Neres, os programas vêm demonstrando resultados positivos e a meta é ampliar o atendimento para todas as escolas da rede que atendem o ensino fundamental.

Para o diretor do Instituto de Ensino e Pesquisa de São Paulo (Insper), Ricardo Paes de Barros, a experiência de Porto Velho servirá como referência para outras redes de ensino no Brasil.

Uma das possíveis explicações para os êxitos logrados pelo Programa Acelera Brasil residiria no ajuste entre sua estratégia pedagógica, sua tecnologia de intervenção e seus instrumentos de acompanhamento, controle e avaliação.

A estratégia e os materiais pedagógicos são focalizados diretamente no aluno para superar eventuais carências e deficiências do professor. A tecnologia de intervenção estrutura as ações de alunos e professores de forma a maximizar os procedimentos metacognitivos e o domínio das competências pelos alunos.

O professor recebe apoio permanente, a capacitação é feita durante o processo, sobre problemas concretos, e não sobre cursos abstratos ou acadêmicos. Os instrumentos de acompanhamento, controle e avaliação permitem monitorar e assegurar o ritmo do programa e corrigir eventuais desvios e dificuldades dos professores. Eles também permitem calibrar as decisões dos professores referentes à promoção dos alunos, assegurando-lhes apoio e mantendo uma imagem de seriedade e compromisso com resultados.

TEXTO: ADAPTADO POR VAL BARRETO – FONTE: COMDECOM - SCIELO.


0 comentários

Postar um comentário

Deixe seu comentário, sugestões, críticas, será um prazer responder você.